Whitney Houston

Whitney Elizabeth Houston (Newark, Nova Jérsei, 9 de agosto de 1963) é uma famosa cantora, compositora e atriz norte-americana. Ela é uma das mais populares e famosas cantoras das décadas de 1980 e 1990, recebendo vários Grammys, American Music Awards, Billboard Music Awards, Emmys, um MTV Video Music Award e um MTV Movie Award. Ela influenciou a carreira de vários artistas como Kelly Price, Mariah Carey, Christina Aguilera, Jessica Simpson e outros cantores de música pop e R&B. É reconhecida por ter a voz mais linda de todos os tempos, além de ter uma imensa habilidade vocálica .

 
A VIDA ANTES DA FAMA
 
A mãe (Cissy Houston), uma prima em primeiro grau (Dionne Warwick) e a madrinha (Aretha Franklin) eram reconhecidas cantoras de gospel/R&B/soul, o que resultou na constante presença da música na vida da jovem Whitney.
 
Aos 11 anos de idade, Whitney começou a cantar no coro gospel de uma igreja batista em Newark e mais tarde acompanharia sua mãe em alguns concertos. Mesmo sendo batista, Whitney se formou numa escola católica. Depois de aparecer no álbum de 1978 da mãe, Think It Over, ela começou a cantar como apoio vocal para muitos cantores famosos, entre eles: Chaka Khan e Jermaine Jackson. No mesmo ano, com apenas 16 anos de idade, ela fez um dueto com Michael Zager no single Lifes a Party. No começo da década de 1980, ela começou a aparecer como modelo em várias revistas (chegou até a aparecer na capa da Seventeen).
 
1983-1991: O COMEÇO DA FAMA
 
Foi oferecido um contrato para Whitney na Arista Records em 1983, numa conhecida história em que o produtor Clive Davis foi à uma boate e escutou-a se apresentando com sua mãe. Mas na verdade não foi exatamente isso que aconteceu: um representante da Arista, que percebeu o potencial de Whitney enquanto cantava nas boates de Nova Iorque, implorou à Davis para ir vê-la. Quando Davis foi a tal boate e viu-a, ele se convenceu de seu talento.
 
Demorou aproximadamente dois anos para Whitney terminar seu primeiro álbum (Whitney Houston), procurando canções apropriadas à sua voz e os produtores certos.
 
Em 1984, Whitney fez um dueto com Teddy Pendergrass (Hold Me). Lançado como single, fez um sucesso moderado nos Estados Unidos. Durante essa época, Whitney decidiu fazer o teste para o papel de Sondra Huxtable no seriado de televisão The Cosby Show (quando perdeu para Sabrina Le Beauf) e fazer participações especiais em Gimme a Break e Silver Spoons. Mas foi quando apareceu na telenovela As The World Turns, como ela mesma, que sua popularidade cresceu bastante.
 
Em 14 de fevereiro de 1985, seu primeiro álbum foi lançado. Demorou para fazer sucesso, mas quando o single You Give Good Love atingiu a terceira posição dentre os mais vendidos da Revista Billboard as vendas dispararam. Os outros singles, Saving All My Love for You, How Will I Know e Greatest Love of All, atingiram a primeira posição dentre a lista dos mais vendidos da mesma publicação. O álbum venderia vinte e quatro milhões de cópias no mundo todo (com dez milhões delas sendo vendidas só nos EUA), se tornando o álbum de estréia de uma artista que mais vendeu. Outra canção, All at Once, foi tocada significativamente nas rádios, mas a Arista decidiu não lançá-la como single para não expôr Whitney demais à mídia. Com o sucesso vieram os prêmios. Em 1986, Whitney fez sua primeira turnê mundial de shows, a The Greatest Love Tour.
 
Lançado em junho de 1987, o segundo álbum da cantora (Whitney) tornou-se o primeiro álbum de uma artista a estrear no topo dos mais vendidos nos EUA e Reino Unido, simultaneamente. O primeiro single, I Wanna Dance with Somebody (Who Loves Me) (originalmente Im Gonna Dance with Somebody, quando foi interpretado na turnê mundial de 1986), não demorou a se tornar um estrondoso hit para a cantora. Outros singles do mesmo álbum que se tornaram grandes sucessos: Didnt We Almost Have It All, So Emotional e Where Do Broken Hearts Go. Todas essas canções deram à Whitney um número de sete singles consecutivos a atingirem a primeira posição dos mais vendidos nos EUA, quebrando o recorde dos Beatles e dos Bee Gees (que estavam empatados com seis cada). Até hoje, nenhum artista conseguiu ter sete números um consecutivos na lista dos singles mais vendidos da Revista Billboard. Um quinto single, Love Will Save The Day, se tornou um hit moderado ao chegar ao número nove na lista da publicação. O álbum venderia dezenove milhões de cópias no mundo inteiro (nove milhões delas só nos EUA). Whitney fez outra turnê mundial, a The Moment of Truth Tour, e mais uma série de prêmios seria entregues à ela. Durante a cerimônia de abertura das Olimpíadas de 1988 Whitney cantou One Moment in Time. Lançada como um single, a canção dos Jogos Olímpicos entrou no primeiro lugar na lista dos singles mais vendidos do Reino Unido (o UK Top 40) e no quinto lugar dos mais vendidos nos EUA.
 
Im Your Baby Tonight foi lançado em novembro de 1990. Os primeiros singles daquele álbum, Im Your Baby Tonight e All The Man That I Need foram ao primeiro lugar da lista dos mais vendidos nos EUA, dando a ela um total de nove números um naquele país. Outros hits moderados viriam com Miracle e My Name is Not Susan. Outra canção do álbum, I Belong to You, foi tocada em algumas rádios norte-americanas (se tornando um pequeno sucesso no país) apesar de nunca ter sido lançada como single. O álbum vendeu doze milhões de cópias no mundo todo (quatro milhões só nos EUA). Logo Whitney faria outra turnê mundial, a Im Your Baby Tour. Em janeiro de 1991, ela cantou The Star Spangled Banner (o hino nacional norte-americano) no XXV Super Bowl em Tampa na Flórida. Depois lançado como um single, se tornaria a única versão do hino nacional norte-americano a virar um hit, vendendo um milhão de cópias. O dinheiro arrecadado com as vendas foi revertido à Cruz Vermelha Norte-Americana.
 
1992-1997: CARREIRA NO CINEMA
 
Em 1992, Whitney fez seu primeiro filme, O Guarda-Costas, junto com Kevin Costner. Whitney gravou seis novas canções para a trilha-sonora do filme, incluindo uma versão do clássico de Dolly Parton I Will Always Love You, com que rompeu todas as expectativas. Lançado como single em novembro do mesmo ano, se tornou seu nono número um nos Estados Unidos. Com o tempo, se tornou o single mais vendido até então (recorde quebrado por My Heart Will Go On, de Celine Dion, em 1997). A canção I Have Nothing foi indicada ao Oscar de Melhor Canção Original. Outros hits, lançados como singles da trilha-sonora de O Guarda-Costas: Im Every Woman (regravação de uma canção de Chaka Khan), Run to You e Queen of the Night (escrita pela própria Whitney). O álbum vendeu 33 milhões de cópias no mundo todo, tornando-se o álbum mais vendido por uma cantora solo (recorde quebrado por Celine Dion em 1996).Whitney também foi uma das produtoras / Atrizes do filme:Rodger e Hammerstein apresentam:Cinderela(1997)
 
Em 18 de julho de 1992, Whitney se casou com o cantor Bobby Brown, em Nova Jérsei. Em março de 1993, Whitney deu à luz uma menina, chamada Bobbi Kristina, que canta com a mãe as melodias My Love is Your Love e Little Drummer Boy.
 
Em 1995, Whitney atuou em outro filme, Waiting to Exhale, baseado num livro de Terry McMillans sobre as vidas de quatro mulheres afro-americanas. As outras personagens são interpretadas por Angela Bassett, Loretta Devine e Lela Rochon. O diretor do filme foi Forest Whitaker. Foi rodado na primavera de 1995 e estreou nos cinemas em dezembro do mesmo ano. Arrecadou uma estimativa de 80 milhões de dólares nas bilheterias do mundo todo. A trilha-sonora de Waiting to Exhale incluia três novas canções de Whitney: Exhale (Shoop, Shoop), Count on Me (dueto com CeCe Winans) e Why Does It Hurt So Bad. Vendeu mais de sete milhões de cópias nos Estados Unidos e mais de dez no mundo todo.
 
Seu filme seguinte, The Preachers Wife, um remake que protagonizou ao lado de Denzel Washington. O filme começou a ser rodado em janeiro de 1996 e estreou nos cinemas em 13 de dezembro de 1996. Whitney planejava a muito tempo lançar um álbum gospel e a trilha-sonora deste filme foi uma oportunidade única para fazê-lo. A trilha de The Preachers Wife foi lançada um mês antes do filme e se converteu no álbum gospel mais vendido da história. Whitney canta catorze das quinze faixas do álbum, incluindo os hits I Believe in You and Me e Step by Step.
 
1997-2000: AMADURECIMENTO E CONTROVÉRSIA
 
O trabalho seguinte de Whitney foi o musical feito para a televisão Cinderella, rodado no verão de 1997. Foi produzido por sua própria produtora, a Brown House Productions. O filme foi ao ar em 2 de novembro de 1997 na ABC. Atraiu uma audiência recorde de mais de sessenta milhões de telespectadores (um dos programas mais vistos na história da televisão norte-americana). No filme, estrelam Brandy, Whoopi Goldberg e Whitney, como a Fada Madrinha.
 
No ano de 1998 gravou um dueto com Mariah Carey, When You Believe, para a trilha-sonora do filme de animação O Príncipe do Egito. A canção foi lançada como single em novembro e ganhou o Oscar de Melhor Canção Original em março de 1999.
 
Depois de uma grande espera, Whitney voltou ao estúdio para lançar seu primeiro álbum que não era trilha-sonora depois de oito anos, My Love is Your Love. O álbum vendeu cerca de dez milhões de cópias no mundo todo e Whitney ganhou seu sexto Grammy com o single Its Not Right, But Its Okay, em fevereiro de 2000.
 
Logo após My Love is Your Love, Whitney lançou Whitney: The Greatest Hits (uma compilação de seus maiores sucessos), em maio de 2000. O álbum duplo vendeu cerca de oito milhões de cópias no mundo todo.
 
Após um bom período longe dos holofotes, em 7 de setembro de 2001, Whitney fez uma aparição especial ao lado de Usher e Mya para celebrar os 30 anos de carreira solo do amigo Michael Jackson no Madison Square Garden, em Nova York. O trio abriu o espetáculo ao som de Wanna Be Startin Somethin. No dia 10 de setembro, Whitney deveria cantar One Day In Your Life em dueto com Michael Jackson, mas, por motivos desconhecidos, não compareceu ao concerto.
 
Whitney lançou Just Whitney em dezembro de 2002, alcançando grande repercurssão em sua carreira devido à problemas pessoais. A artista reconheceu à imprensa que consumia cocaína, maconha e outros tipos de drogas.1. O primeiro single do novo CD, Whatchulookinat foi um grande fracasso nos Estados Unidos, obrigando a gravadora a distribuir One Of Those Days, single que foi melhor recebido. Logo em seguida, numa tentativa de aumentar as vendas, chegou às rádios o single Try It On My Own, em abril de 2003.
 
2003-2007: PRESENTE
 
Em novembro de 2003, um álbum de Natal foi lançado pela cantora, One Wish: The Holiday Album.
 
Depois de cinco dias de permanência em um centro de reabilitação de drogas em março de 2004 (repetido em março de 2005 durante dois meses), embarcou na turnê internacional Soul Divas com Natalie Cole e Dionne Warwick (que se prolongou durante todo esse verão). Em 14 de setembro de 2004, fez uma interpretação de I Believe In You And Me e I Will Always Love You nos World Music Awards, como tributo a seu produtor (e antigo amigo) Clive Davis, ano em que Celine Dion ganhou o prêmio especial de maior recordista de vendas de toda história da música; consta que Dion chorou ao ouvir Whitney interpretar a música. Mais recentemente, os telespectadores norte-americanos tiveram a oportunidade de verem Whitney no reality-show de seu marido Being Bobby Brown. Atualmente, Whitney está trabalhando no seu sétimo álbum de estúdio, que será lançado em 2006 ou 2007.
 
Em setembro de 2006, Whitney se divorcia do cantor Bobby Brown. Depois de um casamento cheio de polêmicas, brigas e envolvimento com drogas, a cantora decide pedir o divórcio e aparece solteira, feliz, recuperada e linda no Society of Singers ELLA Awards acompanhada de seu produtor Clive Davis e de sua prima, a diva Dionne Warwick.
 
Fez uma aparição surpresa no 17th Carousel of Hope Ball (28/10/2006) e foi ovacionada pelo presentes no evento beneficente. Whitney estava muito elegante em um vestido Armani e usava diamantes que realçavam mais ainda sua beleza. Muito assediada por todos os presentes e principalmente pelos fotógrafos, Whitney roubou a cena e foi a celebridade mais comentada em canais de TV e revistas por todo o mundo. Foi homenageada pela cantora Katherine McPhee com seu clássico I have nothing, lindamente interpretado.
 
A grande volta da cantora promete acontecer no início do ano de 2007 com seu novo CD. Promessa de um grande retorno, de acordo com seu empresário Clive Davis
 
FILANTROPIA
 
Em 1989, Whitney criou a Fundação Whitney Houston Para As Crianças, organização sem fins lucrativos que assiste a menores sem lar, com câncer ou Aids. A fundação também levanta fundos para crianças carentes em todo o mundo e costuma promover shows de caridade. Só um show televisado pela HBO em 1997 - Classic Whitney , gerou 300 mil dólares para projetos assistenciais. Houston também apóia fundos de educação universitária para negros e ONGs de assistência às crianças diabéticas e aidéticas.
 
Morte
Em 11 de fevereiro de 2012, Whitney foi encontrada morta no hotel Beverly Hilton. Os paramédicos tentaram reanimá-la, mas sem sucesso. Foi declarada morta em torno das 15h55min UTC−8, hora local de Los Angeles. A possível causa, que ainda está sendo investigada, terá sido o afogamento na banheira do hotel, depois da ingestão de comprimidos.
 


Comentários

Para mim é uma das melhores que já ouvi, realmente ela deve parar com as drogas para voltar ao topo das paradas, seria um desperdício ela não cantar mais. Um grande abraço a todos.

GILSON NOVAES - 12/07/2011 12:07:43

Deixe seu comentário

Deixe um comentário. É importante o preenchimento de todos os campos.





banner Coquete
Facebook Orkut Twitter

Pedido Musical



Curta nossa rádio

Confira...

NOVA PROGRAMAÇÃO E NOVOS LOCUTORES!

Banner 3

Rua Tocantins, 11 - Centro - Minduri Cep: 37447-000
Tel.: (35) 3326-1628
© 2017 - Rádio Rede FM